BLOG Ocupacional

Categorias

Filtrar posts por data

Novas regras para auxílio-doença e auxílio-acidente

25 de maio de 2022

Medida Provisória em vigor desde 22 de abril prevê alterações nos fluxos de atendimento e na apresentação de documentos para o INSS.

Uma medida provisória em tramitação no Congresso Nacional propõe alterar leis relacionadas aos benefícios previdenciários e auxílios assistenciais. A MP n° 1.113, de 20 de abril de 2022, apresenta mudanças para a Lei nº 8.213/1991 e para a Lei nº 13.846/2019, modificando fluxos de análise no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), na Perícia Médica Federal e no Conselho de Recursos da Previdência Social.

De acordo com o INSS, a proposta segue o modelo utilizado em 2020 e 2021, devido à pandemia de Covid-19. A proposta é simplificar a concessão dos benefícios, incluindo a análise dos laudos e atestados médicos. Mas, na prática, o que muda?

Auxílio por incapacidade temporária

A Medida Provisória nº 1.113 dispensa a perícia médica feita pelo INSS para concessão do auxílio por incapacidade temporária – o antigo auxílio-doença. Com isso, o segurado não precisa ir até uma agência física e obter um parecer conclusivo da polícia médica federal. Basta apresentar o atestado ou laudo médico comprovando o caso e aguardar a análise do INSS.

Mas é preciso ficar atento porque a perícia médica não foi extinta e será exigida em alguns casos. Os detalhes serão divulgados em breve nos instrumentos normativos do próprio INSS.

Perícia no auxílio-acidente

Uma das mudanças mais significativas está na inclusão do auxílio-acidente na lista de benefícios que devem ser revistos periodicamente. Com a MP, os segurados podem ser convocados para a realização de uma perícia periódica para constatar se eles se recuperaram ou ainda apresentam sequelas que justificam a concessão do benefício.

Essa é uma mudança significativa, pois, antes da MP, o benefício só era encerrado nos casos de aposentadoria ou morte. Agora o segurado passa a ser incluído no pente fino feito pelo órgão para evitar fraudes, recebendo o mesmo tratamento dado ao auxílio-doença e à aposentadoria por invalidez.   

Vale lembrar que esse benefício é concedido aos segurados que possuem sequelas definitivas de um acidente e têm sua capacidade laboral diminuída, mas conseguem continuar trabalhando.

Julgamento dos recursos

O segurado que não concorda com a avaliação do médico pericial precisa ficar atento aos novos fluxos para julgamento dos recursos administrativos. Atualmente, o pedido é feito no Conselho de Recurso da Previdência Social. A MP, porém, prevê que ele seja analisado pela Secretaria de Previdência do Ministério do Trabalho – mais especificamente pela Subsecretaria da Perícia Médica Federal, por uma autoridade superior à que realizou o exame pericial.

Segundo o INSS, a mudança visa otimizar a atuação do Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS), colegiado que julga os recursos administrativos. Com isso, será possível dar mais agilidade aos processos e, assim, diminuir a fila de processos.

Incentivo a médicos peritos

Por fim, a MP também indica uma importante mudança no Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade (PRBI). O texto em análise pelo Congresso Nacional propõe o pagamento de tarefas extraordinárias para médicos peritos, com o objetivo de diminuir a fila de processos que dependem do exame médico pericial.

Na prática, o pagamento será feito para peritos que analisarem exames além da meta mensal das unidades do INSS com alta demanda por atendimentos médicos periciais. Os servidores que realizarem a análise de requerimentos iniciais e de revisão de benefícios com prazo de conclusão já expirados também receberão esse extra. O INSS espera que a medida atinja cerca de 800 mil agendamentos de perícia médica.

Próximos passos

A MP está em vigor desde 22 de abril, com validade até 18 de junho. Este prazo pode ser prorrogado por mais 60 dias, caso não seja votado pela Câmara dos Deputados. A medida foi debatida na Comissão Mista da Medida Provisória, na qual recebeu 43 propostas de emendas. Agora, segue para votação dos deputados federais.

Fique por dentro das novidades

Para saber das propostas legislativas que impactam o trabalho da área de Segurança e Saúde do Trabalho da sua empresa, conte com a Ocupacional. Temos um time de profissionais atualizados nas novidades de SST e prontos para lhe auxiliar a se adequar às novas legislações. Quer saber mais? Mande uma mensagem para a gente!

Categorias

Filtrar posts por data

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba no seu e-mail as novidades da Ocupacional e do mercado de medicina e engenharia de segurança do trabalho.