BLOG Ocupacional

Categorias

Filtrar posts por data

Saiba sobre as obrigações do empregador

3 de abril de 2013

obrigacoes_do_empregador

As Normas Regulamentadoras relativas à segurança e à medicina do trabalho são exigências obrigatórias e devem ser cumpridas pelos setores privados e públicos.

Os órgãos públicos que possuem empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), também devem cumprir todas as exigências de observância obrigatória. O descumprimento das Normas Regulamentadoras vigentes, no que se refere aos setores da segurança e da medicina do trabalho, ocasionará ao empregador a aplicação das penalidades previstas na legislação.

Constitui ato faltoso a recusa injustificada do empregado ao cumprimento de suas obrigações com a segurança do trabalho.

>> Cabe ao empregador:

a) cumprir as normas regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho;
b) elaborar e divulgar ordens de serviço sobre segurança e saúde no trabalho;
c) informar aos trabalhadores:

  • os riscos profissionais nos locais de trabalho;
  • os meios para prevenir e limitar tais riscos e as medidas adotadas pela empresa;
  • os resultados dos exames médicos, exames complementares e diagnósticos;
  • os resultados das avaliações ambientais realizadas nos locais de trabalho;

d) permitir que os trabalhadores acompanhem a fiscalização da aplicação dos preceitos legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho;
e) determinar os procedimentos que devem ser adotados em caso de acidente ou doença relacionada ao trabalho.

>> A obrigatoriedade pelo cumprimento às normas regulamentadoras

O cumprimento da legislação referente à prevenção de acidentes de trabalho no Brasil, prevista na CLT, assim como a observância de todos os requisitos e detalhamentos sobre o assunto, são obrigatoriedades do empregador.

As Normas Regulamentadoras (NRs) que estão na Legislação de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional no Brasil, foram criadas com o objetivo de proteger a saúde do trabalhador. Elas sempre passam por diversas revisões, visando torná-las mais sólidas, de acordo com as leis e com os direitos trabalhistas.

>> A abrangência das Normas Regulamentadoras (NRs)

A legislação trabalhista abrange os setores privados e públicos que possuem em seu efetivo, empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

As normas são de observância obrigatória dos empregadores e alertam as empresas quanto aos cuidados e à diligência que se deve ter com seus funcionários, e não as desobrigam do cumprimento das demais regras e disposições vigentes na legislação, abrangendo as convenções e os acordos coletivos de trabalho.

>> Confira o que está previsto nas Normas Regulamentadoras (NRs) como obrigações para os empregadores e para os empregados:

a) Cumprir e fazer cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho;
b) Elaborar ordens de serviço sobre segurança e medicina do trabalho, dando ciência aos empregados, com os seguintes objetivos:

  • prevenir atos inseguros no desempenho do trabalho;
  • divulgar as obrigações e proibições que os empregados devem conhecer e cumprir;
  • informar os empregados as punições pelo descumprimento das ordens de serviço;
  • determinar os procedimentos a serem adotados em caso de acidente do trabalho;
  • determinar os procedimentos a serem adotados em caso de doenças profissionais;
  • adotar medidas determinadas pelo MTb;
  • adotar medidas para eliminar a insalubridade;
  • adotar medidas para eliminar as condições inseguras de trabalho.

c) informar aos trabalhadores:

  • os riscos profissionais que possam originar-se nos locais de trabalho;
  • os meios para prevenir e limitar tais riscos e as medidas adotadas pela empresa;
  • os resultados dos exames médicos, exames complementares e diagnóstico;
  • os resultados das avaliações ambientais realizadas nos locais de trabalho.

d) permitir que representantes dos trabalhadores acompanhem a fiscalização dos preceitos legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho.

>> Cabe ao empregado:

a) cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho, inclusive as ordens de serviço expedidas pelo empregador;
b) usar o EPI fornecido pelo empregador;
c) submeter-se aos exames médicos previstos nas Normas Regulamentadoras;
d) colaborar com a empresa na aplicação das Normas Regulamentadoras;
Constitui ato faltoso a recusa injustificada do empregado ao cumprimento do disposto no item anterior.

O não cumprimento das disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho acarretará ao empregador a aplicação das penalidades previstas na legislação pertinente.

Categorias

Filtrar posts por data

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba no seu e-mail as novidades da Ocupacional e do mercado de medicina e engenharia de segurança do trabalho.