BLOG Ocupacional

Categorias

Filtrar posts por data

Retrospectiva 2020: um olhar para a SST

14 de dezembro de 2020

Desafios impostos pela pandemia de Covid-19 marcaram as principais ações do ano e deixam uma lição sobre a importância das ações de segurança e de saúde no ambiente de trabalho.

Não há como negar que 2020 foi um ano atípico em todos os sentidos. O início de uma pandemia sem precedentes na época moderna trouxe uma série de inseguranças, mudou as relações pessoais e profissionais e deixou um rastro de pelo menos 1,5 milhões de mortes em todo o mundo – pelo menos até o momento em que este post é publicado. Não por acaso, a prestigiada revista estadunidense Time elegeu 2020 como o pior ano da história, colocando nossa impotência como sociedade e a falta de ação de alguns governantes como as principais ameaças à existência humana.

Por isso, fazer uma retrospectiva deste ano para a área de Segurança e Saúde do Trabalho é, principalmente, falar dos impactos gerados pela Covid-19, tanto para as empresas quanto para os trabalhadores. O primeiro caso oficial da doença foi detectado na China, em dezembro em 2019, mas foi apenas em 25 de fevereiro que o Brasil confirmou a chegada do vírus. Menos de um mês depois, o governo reconheceu o estado de calamidade pública, previsto para durar até 31 de dezembro, e as atividades não essenciais deixaram de ser realizadas de forma presencial nas principais cidades do país.

Diante desse cenário, as empresas precisaram se estruturar. Alguns negócios não resistiram ao impacto. Outros precisaram encerrar as atividades temporariamente, cortar gastos e negociar com fornecedores. Também há aquelas que precisaram repensar todo o negócio, com novos serviços adaptados ao funcionamento à distância. E algumas tiveram que alterar a estrutura interna para o home office, com impactos diretos nos processos já estabelecidos.

Para ajudar as empresas nesse período de incertezas, falamos bastante aqui no blog sobre questões relativas à pandemia. Mostramos qual o papel das companhias nessa nova realidade, como manter a segurança dos funcionários, a importância dos exames ocupacionais, as dicas de ergonomia para seguir em casa e até mesmo por quanto tempo afastar um empregado com Covid-19 e se é preciso emitir a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) nesses casos. Esses são só alguns dos exemplos de conteúdos produzidos, pois também criamos toda uma estrutura para auxiliar nossos clientes a garantir o bem-estar dos colaboradores durante esse período.

Outro impacto sério da Covid-19 está na saúde mental. Como ainda estamos em meio aos desdobramentos da pandemia, é cedo para mensurar as consequências, mas algumas pesquisas já começam a mostrar o caminho. O aumento do consumo de cigarros, de bebidas alcoólicas, de comidas ultraprocessadas, a ausência de exercícios físicos e o maior tempo exposto a telas têm trazido consequências negativas.

Leia também: Prejuízos da Covid-19 para a saúde mental dos trabalhadores

O estudo ConVid Comportamentos, produzido em parceria entre Fiocruz, Unicamp e UFMG, mostrou um aumento de todos esses índices. E isso tem um impacto direto na saúde mental. “Das pessoas entrevistadas, 40,4% disseram ter sentimentos de tristeza ou depressão, e 52,6% afirmaram experimentar sentimentos de nervosismo ou ansiedade, muitas vezes ou sempre. O maior impacto na saúde mental ocorreu nos adultos jovens, nas mulheres e nas pessoas com antecedente de depressão”, conta a pesquisadora Marilisa Barros, coordenadora da pesquisa e professora titular de Epidemiologia na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (FCM-Unicamp), em entrevista para o Uol.

Mas apesar de a doença ainda não estar controlada no país, a maioria das atividades voltou a funcionar dentro das regras de segurança impostas para evitar a disseminação da Covid-19. Bares estão com capacidade reduzida, cinemas começam a retomar o funcionamento gradual e até mesmo shows voltaram a ocorrer de forma controlada. Isso exigirá ainda mais da área de SST em 2021, que ainda precisará lidar com a doença até o surgimento de uma vacina comprovadamente eficaz.

Novas Normas Regulamentadoras

Ao longo de 2019 e 2020, o governo federal tem anunciado uma série de alterações nas Normas Regulamentadoras, com o objetivo de simplificar e modernizar a legislação trabalhista, incorporando elementos tecnológicos e de gestão à área de SST. Algumas, inclusive, estavam próximas de entrar em vigor, mas foram adiadas em razão da pandemia. Previstas inicialmente para março de 2021, as NRs 1, 7, 9 e 18 agora entrarão em vigor a partir de 1º de agosto.

Com isso, as empresas terão mais tempo para se preparar para a implantação do Programa de Gerenciamento de Riscos (PGR), apresentado oficialmente em março deste ano. Ele representa uma evolução do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), que não precisará mais ser realizado. A nova redação tem nos sistemas de gestão e nas certificações de SST – como a ISO 45001 e a OHSAS 18001 – as principais referências. Tudo isso para construir um material de SST que possa, de fato, ser usado no dia a dia das empresas, adaptado aos mais modernos conceitos de gestão praticados no mundo.

Leia também: Como elaborar um bom plano de ação no PGR

eSocial em 2021

Em razão da pandemia, todos os prazos de implementação do eSocial foram adiados em setembro deste ano. Um mês depois, o governo federal anunciou novidades, com o novo cronograma e a prometida reformulação do sistema, com a criação do eSocial Simplificado. As alterações foram pensadas para desburocratizar o preenchimento das informações, de forma a substituir obrigações acessórias, eliminar pontos de complexidade e garantir a integridade e continuidade da informação, respeitando o investimento já feito por empresas e profissionais.

As novas fases estão previstas para começar em maio de 2021, com as empresas do Grupo 3 sendo obrigadas a enviar as informações dos eventos periódicos S-1200 a S-1299. Para conferir o calendário completo, consulte nosso post sobre o tema.

Junto com você

Mais do que nos anos anteriores, a Ocupacional precisou estar ainda mais próxima de seus clientes durante o ano de 2020. Foram muitos desafios enfrentados, mas agimos com prontidão para auxiliar as empresas a lidar com a pandemia e as novas exigências da área de Segurança e Saúde do Trabalho. Meses de muito trabalho, mas de grande satisfação por cuidar do bem-estar de todos. E se a sua empresa precisa desse apoio em 2021, venha conversar com a gente!

Categorias

Filtrar posts por data

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba no seu e-mail as novidades da Ocupacional e do mercado de medicina e engenharia de segurança do trabalho.